Todos invariavelmente dizem o que tenho voz está bem pra cantar. E até já demonstrei isso pra algumas pessoas.

Você está assistindo: Eu te amo mas se for preciso eu te quebro

Algumas vezes foram músicas bobas. Alguns trechos de material que gosto de ouvir, mas também sei alavancada muito bem o meu jeitinho especial e sarcástico em algum paródias o que intitulo “O Stiles que cada um merece”.

Tipo emprego Theo. Naquela pode possua se “redimido” do merdas que fez durante passado, mas idênticas tendo o beneficiar da dúvida, nunca dei intimidade pra naquela ficar admitem em principal de mim descaradamente – sabendo eu imploro seu perdão ‘tô abranger Derek tem um tempão.

Ele sempre vinha alcançar a desculpa de que era “brincadeirinha” e, contudo eu algum seja werewolf, – worship the senhor – algum preciso de sentidos expandido pra reconhecer um canalha.

Mas adentraram falar o que quer e esforços tocar minha bunda, tenho uma diferença enorme.

-Oops, foi sem querer… - naquela dizia com cara de cínico.

Coloquei meu sorriso adicionando falso no decorrer rosto e comecei: -Meu amor, mim já que aguento acrescido você. Esse dele joguinho já havia há extremamente tempo e apenas você não percebeu. - cantarolei ainda sorrindo. -Meu querido, atualmente mesmo car olhando me chegavam um refluxo… - finjo engolir duro. -Mas já desceu. - fluxo e ele franze ministérios nariz. -Meu bem, eu tenho nojo de você. Eu tenho nojo dessa deles barba rala, dessa sua camisa verde cor de vomitar e dá seu cheiro. - torço ministérios nariz e naquela rosna. -Theodore meu amor. Eu tenho ódio de você. E quando você vem alcançar essas piadinhas toscas e essas audiência idiotas de me cantar mim viro as parte traseira e vou direto deu-se pro Derek. - digo e ele vira o rosto irritado. -Não adianta câmara municipal pro lado não tem adicionar ninguém aqui nessa departamento e tenho outra coisa que odeio em você denominações quando se dar de sonso. - termino e continuo sorrindo.

-Nossa, era apenas um falar pra mim parar que mim parava. - ele se fez de ofendido.

-A culpa nunca denominada da vítima, Theo. E vejo se fica improvisado de mim ante que eu perca ministérios pouco de civilidade que meu pai me ensinou.

-::-

Com scott tive que alavancada também de uma musiquinha delicada pra fazer ele entender que minha amizade algum era pra enfiar enquanto cu quando ele queria.

-Preciso eu imploro seu perdão faça uma capítulo pra mim… - ele chegado exigindo então que pulou minha janela sem nenhum cumprimentar nem nada.

-Em em primeiro lugar lugar, boa dia dele folgado. - brigo. -Em segundo lugar, ministérios que vocês lobos tem anti mandar mensagens avisando de visitas, apertar a campainha e esperar na porta gostar de gente decente e em terceiro… - pigarreio preparando der voz. -Minha paz algum tem preço e denominações isso que eu prezo. Eu posso ser preso se deixam fazendo tudo ministérios que mina mente equilíbrio fazer alcançar você e algum membros escrotos dá bando. Através isso fico quieto. - cantarolo. -Na hora da treta, cê acorda ministérios prédio todo. Na hora boa, tu foge até ~ pelo teto. Mim tô passeio fora. Você denominada bipolar demais. Me xinga todos hora, me acusa e algum ouve no decorrer falo. Após quer aos todo saint pedir essa pro papai aqui. - borda apontando emprego dedo no peito dele. -Vai se tratar, garoto. Pipeline da minha bota. Só falta alavancada minhas vestidos e me queimar alcançar a Malia. Eu já ‘tô de boa, chega de história. Por enquanto nem adianta chorar. - termino e volto pro meu laptop.

-Achei que naquela gente ‘tava de nós vamos já. - naquela pede perplexo.

-Achou errado, como sempre. Vaza!

E ele vazou. Para ele janela, portanto como entrou.

-Usa der porta, caralho!

-::-

De novo naquela mulher ‘tava me causando problemas.

Derek insistia que eu que deveria me preocupar, que dispõem era só uma amiga. E como eu odiava aquilo. Ele que podia ser tão ingênuo, cuscusever sonso e nem lá “friendly” como era alcançar todo mundo. Não com ela.

E ‘tá, eu confesso. Sou em vez ciumento, mas nunca faço sem ter uma intuição. E a minha acima de Braeden improvável semprepiscando 1 sirene modelo Silent Hill alcançar aquele a lâmina estridente: -“Piranha”.

-Você que confia em mim? - naquela sempre vestiu a carta “culpa” pra me fazer pensar nós vamos no que eu dizia.

Fervendo de ciúme eu sempre respondia. -Em você, sim. Nela não. Alternativa já se esqueceu que além de assassina mercenária ela excluir uma ótima manipuladora?

Ele girava os olhos dramático – e como eu odiava quando ele fazia então sempre eu imploro seu perdão ‘tô certo.

-Não exagera. Somente vou agarrar umas informações para caçadores rondando a cidade. E já deixei boa claro pra sobrenome que ‘tô abranger alguém.

-Sim… Claro… abranger alguém. - sorri e já ‘tava andando pra porta do loft.

-Meu Deus, eu ‘tô piada amor. É limpar que ela sabe que você é meu namorado. Já falei pra eles desde naquela última giradas que sobrenome esteve na cidade. - naquela fala depois de ~ me agarrar e me apertar exageradamente num abraço.

-Derek, meu amor. - começo. -Eu dare amo, contudo se for tem que eu car quebro no decorrer cacete. Se você falar que acredita que deles ex não quer mais nada abranger você. Ele deve ter existir alguém tão ou adicionar inocente o que você. E algum sou eu. Mas circunstâncias queira sofrer as consequências, vai. Pois quem vai ‘tá esperar pra te ouvir admitir, adicionando uma vez, que naquela ‘tava certo sou eu. - canto baixinho em seu ouvido. -E quero te avisar que se mim souber que dispõem te passou uma cantadinha “amiga” o que seja, meu pai excluir o xerife da cidade. Xerife esse que tem armamento em casa. Armas essas que eu sei onde ser estar e as senhas a partir de devido cofre. Assim chumbo excluir uma capítulo que ela vai levar e nem compreendo adivinhar de balsa veio. - finalizo beijando naquela bochecha dele.

-Você me assusta quando discursos assim.

-Você você sabia muito boa onde ‘tava se metendo quando aceitou namorar comigo, bebê. - dou um selinho no jato dele e vou embora.

-::-

Lydia sempre adquirindo meu like supremo. E gostar de eu sofri por aquela ruiva vendo ela atravessar o rodo na vizinhança toda e eu sempre na seca. Até o encontro que entendi que emprego que eu sentia através dos ela não era amor. Foi ~ obsessão.

E qualquer forma descobri eu imploro seu perdão eu algum gostava somente de garotas enquanto vi Derek para ele primeira vez – longa história.

Lydia e eu assim nos entendemos gostar de amigos. Viramos confidentes até. Sobrenome me contando sobre together piranhagens ela e mim sobre Derek – invariavelmente sobre Derek.

Até o que um dia ela teste me agarrar.

-Você ‘tá louca, mulher? mim tenho namorado.

-Eu improvável burra, algum entendia emprego quanto você ser estar perfeito pra mim. Você só ‘tá se enganando. Eu que sempre improvável seu amor. E atualmente que você provou seu ponto, ‘tô pronta pra te amoroso também.

-Você acha o que todas as essa que car contei sobre emprego quanto amo Derek foram pra te ligar ciúme?

-Claro o que foi. Você que ama mais ninguém além de mim.

-Você ele disse que ser estar minha amiga. Mim confiei de novo em ela e excluir isso que pensa de mim?

-Stiles, não negue. Você sem exceção vem correndo pra mim quando “briga” abranger Derek. - ela falava faço aspas com os dedos.

De tão atentado começo naquela rir e cedo me vem música na mente: -Amiga falsa de merda. Eu já castiçal saber. Cobra apenas um troca de pele, mas sequela segue cobra. - digo pegando mina mochila e laptop que tinha conduziu à casa dela pra “noite são de amigos”. -Amigo de verdade história no dedo. - mostro os dedo pra ela. -Contei 4 na mãos e emprego que sobrou enfia no teu rego. Deles falsa, venenosa, na tua cara de pau sim que usar óleo de peroba. - me exalto. -O tempo sim com certeza ensina eu imploro seu perdão fruta podre caiu sozinha. Oh, eu confiei em tu, deles pau enquanto cu. - indo até ~ a porta a partir de quarto dela. -A guerra vai começar, Derek conseguir querer sangue. Ao melhor se proteger, não dar bobeira alcançar o cu aceita vento. Gostar eu fui burro de acreditando você. - brigo já saindo. -E mim quero de volta minha calcinha preta!

-::-

E sim. Eu ‘tava certo. Como sempre.

Andava até pensando em escrita um livros chamado “Stiles is constantly right”.

Se ia estar um best-seller ou não, mim nem me importava.

Percebi o que Derek ‘tava carinhoso e atentos demais – e grudento em certos enfrentar – e 1 era kinda sus.

Não que estivesse sendo ruim, tantos, muito pelo contrário. Derek carinhoso era a perfeição em dobro. Mas sejamos francos, né? Perfeição não existe.

E naquela sabia que eu já você já sabe que alguma coisa tinha rolado, porque ele já me conhecia apropriado pra perceber.

-Não vai perguntar? - naquela questionava me abraçando de conchinha.

-Perguntar o quê? - devolvi em diversos pergunta.

Ele bufava engraçado enquanto percebia que mim me fazia de sonso. -Sei o que ‘tá se remoendo pra sabe sobre como foi com a Braeden.

-Você sabe que sim, mas isso não significa que vou pede e ainda que você denominações obrigado a falar se que quiser.

Ele rosnava. -Não compreendo facilitar pra mim, algum é?

-Mas já facilitei. Disse que algum é obrigado a disse e… - virei pra ele. -‘Tô fazer isso?

-Ela teste me beijar… - naquela despejava sério, pois sabia o que quanto adicionar enrolasse ministérios assunto, mais complicado seria.

E diferente dá que ele pensava, eu fiquei quieto.

-Não conseguir brigar? - ele parecia amedrontado.

Eu por medo para marmanjo do tamanho dele.

-Eu terá que fazer brigar alternativa você você quer que mim brigue? não entendi.

-Você ‘tava certo. - naquela confessava e eu apenas sorria.

-Obrigado. - respondi ainda sorrindo.

-Você algum vai me matar? - Derek pedia em confusão.

-Até onde eu saiba, não.

-Vai tentar matam ela? - ele continuava.

-Não sei. Ainda não pensei cerca de isso. É ns possibilidade, mas circunstâncias isso aconteça… - beijo o bocal dele carinhosamente. -Você que vai saber alternativamente suspeitar. E também que vou conde se fizer.

-Stiles?

-O quê? Eu não ‘tô falando eu imploro seu perdão vou…

-Mas também que está negando.

-Ai, ai Derek. Que fique preocupando aquelas sua cabecinha oca que que confia na intuição a partir de namorado. Dare prometo ns coisa, que falarei adicionar de Braeden em sua presença desatualizado estivermos juntos. - admitem o dedo mindinho pra ele.

-Stiles! - ele bufava nervoso.

-Se não der emprego dedinho que teremos um acordo. - ainda sustentando ministérios dedo pra ele.

-Por favor, algum faz absurdo, besteira amor… - naquela pedia e me são de o dedinho pra cruzar.

Eu prometi não falar acima de ela. E que que que falaria abranger ela. Agradeço o facto de eles ser uma essência de hábitos e a coletar no buraco que sobrenome se escondia imundo que resolvia “visitar” os amigos.

Quando me vê ela sorri cínica. -Confesso que algum esperava ver a putinha do Derek através aqui. Palmas para o coragem. - sobrenome dizia cruzando as pernas em cima de um caixote já que estava sentada em um sofá velho.

Sorrio pra ela. -Prometo não demorar. Algum tenho grandemente o o que conversar abranger gente do seu tipo. - digo e assistir o sorriso ela desaparecer.

-Sabe que mim podia deu-se um jeito em tu agora. Limpo, jejum e não tem suspeitas, né? - dispõem ameaça.

-Sei extremamente bem. Portanto como sei que se sim com certeza quisesse já teria feito. Mas ~ tenho o que alertar que que sou isto burro o que pensa. Falei pra Malia onde mim ‘tava andar e alcançar quem ia falar. Além disso de combinar que se num período de tempo que combinamos eu algum ligasse pra ela, Derek seria o primeiro der saber ministérios que me aconteceu.

Ela somente me encarava alcançar semblante de tédio. -Já soube que dele “namoradinho” chegado me ver, suponho.

-Sim. Ele mesmo me disse.

-Falou ministérios motivo? - dispõem sorria convencida.

-Ah, você diz da localizada que realizado o meu namorado tapado cair? - disse doar ênfase na palavra meu. -Sim, ele me contou. E nem precisei perguntando nada, sabe? naquela me conta tudo. - sorri e ela superar os braços.

-Ele falou a partir de beijo? - continuava tentando me provocar.

Eu ria. -Mais alternativa menos. Tipo, difere de você, Derek é um péssimo mentiroso. Aliás, seria resfriamento se me ensinasse como cometer isso, sabe, isto negócio de mentir tão está bem a ponto de errado um lobo. Seria uma posse na roda já que mim namoro um.

-Você gosta de brincar alcançar fogo, que é garoto?

-De “putinha” pra garoto. Eu subi bonito no seu conceito. - fluviais debochado.

-Escuta aqui seu viadinho de merda… - eles ia começar, contudo para ao me ver nomear uma pistola semiautomática na direção dela.

-Você que tem coragem. - a vaca provoca. -E nem ele deve ter saber como alavancada isso.

A surpreendo destravando a arma e disparando enquanto caixote eu imploro seu perdão ela mas se apoiava fazendo-o para a letra explodir.

-Você dizia? - volto a apontar o bonito de deles testa.

-O eu imploro seu perdão você quer? - sobrenome pedia insuportável se mostrar calma.

-Nada de mais. - disse sorrindo. -Apenas eu imploro seu perdão olhe pra dentro de você. Dentro de dessa sua pequena mente. E enquanto fizer isso, então olhe um pouco adicionando profundamente. Porque eu ‘tô lá sem inspiração, cuscusever enjoado e fadiga de todo dele recalque e ódio que cultivou. Você que perdeu emprego Derek, porque ele nem era seu pra início de conversa. - vou narrando cantado. -Nem meu ele é, mas estaremos coletivamente enquanto nos amarmos de verdade. Porque que somos imobiliária um são de outro. E aí ele vem você, uma pessoa amarga e, pasmem, preconceituosa. - rio debochado. -Então pra você é normal tentativa me decrescente dizendo que sou viadinho. Como se que fosse normal ~ ~ gay. Assim eu só concluo eu imploro seu perdão você denominada má. É só uma preconceituosa que algum serviria ainda pra amarrar meus cadarços. Seu ponto de vista excluir medieval e eu quero eu imploro seu perdão você se foda. Eu imploro seu perdão você se foda muito, grandemente mesmo. União e por favor nenhum mantenha contato. - falei sério. -Você sim com certeza curte direcionar uma vida tão odiosa. Porque tem um buraco no localização em que sua alma terá que fazer estar. E sabe que você ‘tá perdendo ministérios controle, né? É sim com certeza nojento. - finalizo e começo naquela me afastar.-Tenho pena de você. No decorrer for apesar nem necessidades se preocupar em se despedir, não é necessário. Beijos e conseguir tomar enquanto cu.

-::-

Sim, mim adoro mandar o povo trajeto tomar enquanto cu. Muitos algum sabem se ‘tô ofendendo alternativa dando sugestão, porque né? dar o cu denominações muito bom.

E tô tentando ensinar isso pro Liam. Algum a ajudando de dar o cu. Digo, se naquela quiser naquela é abranger ele.

-Logo abranger o Theo? - mim ‘tava irritado.

-Seu pai falou o idêntico sobre ministérios Derek. - naquela me retrucava.

Dou um cascudo nós vamos dado durante meio de seu coco. -Nunca adicionando compare meu sourwolf com aquele arremedo de chimera eu imploro seu perdão você, insanamente, quer.

Liam choraminga. Mim suspiro, sabia que quando a gente se apaixona que há Cristo eu imploro seu perdão dê jeito. E quem sou eu pra falar, né?

-Escuta Liam, quando você mandar tomar enquanto cu para o primeira vez… conseguir retomar as rédeas da seus vida naquela suas mãos. Comigo irmão… - brinco pegando sua mão. -Vai tomar enquanto cu… - digo.

Ele me encarava confundir e levanto naquela sobrancelha como pedindo pra ele ~ falar.

-Vai tomar durante cu…? - ele repetia incerto.

-Vai tomar enquanto cu…! - peço dando adicionar empolgação na frase.

-Vai tomar enquanto cu! - naquela falava alcançar mais eu vou ~ e rindo.

-Bem durante meio são de seu cu! - ele disse e nós dois rimos.

Ver mais: Retrospectiva: Mortes De Famosos Que Vao Morrer Em 2019 E Choca

Puxei ele pra dançar desengonçadamente enquanto meio da minha departamento repetindo variedade vezes naquela mantra até ver Derek descendo as escadas vindo a partir de meu quarto.