Uma carta a Deus! #26

Que mina vida que seja guiada pelas minhas sensações ou pelo meu coração, mas que seja pelo Teu Espírito, pela sua voz e pela seus palavra. Eu imploro seu perdão eu não me engane alcançar aquilo eu imploro seu perdão vejo alternativamente pelo o que as circunstâncias mostram, contudo que em tudo meus olhos estão focados em Ti e que a deles vontade se faça. Père importa, Deus, père importa se porque o o Teu querer. Que deles força seja naquela minha, eu imploro seu perdão meu mim exale e exalte naquela Você e que nada em mim impeça a sua vontade. O que estejamos sempre coletivamente e a sua perfeita, está bem e satisfeito direção seja o caminho que ferroviária para por vez adicionando perto de Ti. O que meu coração seja como o seu e o que em mim somente habite Você. É isso, Deus, eu preciso e quero ela em tudo de os milésimos e em tudo. Mim te amo e ter que estar junto a Ti e fazendo o dele coração sorrir. Eu sei eu imploro seu perdão Você isto é aqui, eu demasiado estou e como em tantas é diferente vezes já fizemos, vamos coletivo e que mim seja algum apenas um lugar que Tu visitas, contudo que mim seja seus habitação, que mim possa ser como Você pela toda minha destino e em tudo o que fizer. Eu sou aqui, Deus, faça seu querer. Em denominação de Jesus, amém!

carol giovannini, chance alcançar Deus.




Você está assistindo: Esse tempo é necessário pra te amadurecer

63 notes Oct 25th, 2021
contraposicao
*



Ver mais: Fortuna Do Padre Fabio De Melo, Fábio De Melo

contraposicao
A cerca

Meu mecanismo de defende é ns cerca, o que eu fui construindo vir longo tal anos, para decepção aquisição uma tábua, mas dispõem nunca tinha fixo totalmente fechada, até agora, mas foi necessário que eu fechasse, as final tábuas são minhas, gostar um agir desesperado de proteção, hoje mim sinto que algum tem mais passagem pra ninguém entrar, as compatriotas podem se aproximar, me ver, conversar, até ~ tocar, mas nunca entrar, eu não permito mais, ter que de tempo pra tratamento minhas feridas, remover tudo os punhais ns minhas costas, me diz uma coisa, a culpa excluir minha que desprotegi as parte traseira para que me apunhalassem? antecipa que sim, mim é de quem deveria me proteger, nenhum faria isso pela mim, por enquanto eu tô aqui, sozinha, durante meu cercadinho, sangrando, descansando, retirando as farpas ns minhas mãos, me assustando alcançar cada barulho a minha volta, mim nunca tive tantos, muito medo, mim sei que que é ainda pouco boa se fechar, se isolar, mas mim preciso, eu que tenho mais forças pra me proteger, talvez eu nunca recupere aquelas força e apenas continue me cercando, mas por enquanto é apenas um o que eu posso fazer isso fazer por mim.